Slow Food
   

Salone Internazionale del Gusto e Terra Madre 2010


Italy - 29 Jul 10

A oitava edição do Salone Internazionale del Gusto será realizada em Turim (Lingotto Fiere) do dia 21 a 25 de Outubro, ao lado do evento Terra Madre.
As duas distintas manifestações bienais representam um momento único interligado.
A exposição mercado internacional, aberta ao publico, vitrine da produção enogastronomica artesanal e de qualidade, forte na sua conotação didática, de sensibilização e debates, será realizada em concomitância e ao lado do evento Terra Madre, o encontro mundial das comunidades do alimento, que reúne os atores da fileira agro-alimentar de 150 paises, comprometidos em defender e promover modos de produção que respeitam o meio-ambiente, atentos aos recursos naturais do planeta, à conservação da biodiversidade e justiça social.

O Salone Internazionale del Gusto 2010, é organizado pela Região Piemonte, cidade de Turim e Slow Food; os patrocinadores oficiais são Lurisia, Consorcio pela Tutela do Vinho Asti docg, Lavazza, Consorcio do Parmigiano-Reggiano, Intesa Sanpaolo e Pasta Garofalo.

Terra Madre é realizado pelo Ministério das Políticas Agrícolas Alimentares e Florestais, Cooperação Italiana pelo Desenvolvimento – Ministério das Relações Exteriores, Região Piemonte, Cidade de Turim e Slow Food em colaboração com a fundação CRT, Companhia de San Paulo, Associação das Fundações de Poupança do Piemonte e Coldiretti Piemonte.

O tema do Salone del Gusto esse ano se exprime em duas palavras: comida e território.
Relacionadas por dois símbolos convencionais, o + e o =. O que isto significa?
Significa que sem o território não existiria a comida, que é um modo de expressar o território, o clima o savoir faire; através da comida cada território exprime suas características peculiares e reconhecidas.
A comida, como parte edível e concreta da nossa identidade, como elemento que da forma ao território, como expressão cultural; e o território em si como lugar que pertence às pessoas que lá nasceram ou vivem e que por ele tem respeito, cuidado e reconhecimento.
Território este conjugado no plural, para exaltar as diferenças entre os lugares, culturas, conhecimentos e praticas agro-alimentares. As estratificações culturais nos garantem uma atualidade – gastronômica- fotografada hoje na sua continua existência, entre passado e futuro.
Os territórios então se transformam em lugares para troca de conhecimento, porque não existe identidade sem o confronto com outros. Assim se projeta um novo mapa do planeta, um mapa de comidas, cores e sabores.

O espaço expositivo do Salone del Gusto, e é esta a novidade desse ano, será organizado em função dos territórios: não existirão esse ano as vias temáticas e a área das Fortalezas, mas cada região e paìs do mundo irá apresentar suas produções, seus projetos e suas cozinhas separadamente.

Salone del Gusto e Terra Madre 2010, com a atenção pelo meio-ambiente, continuam o caminho já tomados nos anos anteriores em direção a reduzir seu impacto ambiental. As iniciativas desenvolvidas pelo Desenho Industrial – Universidade Politécnica de Turim e Slow Food, em colaboração com a Universidade dos Estudos de Ciências Gastronômicas, se baseiam em um projeto eficiente na preparação, nos transportes de mercadorias, na gestão do desperdício, da água e da energia.